Notícias

Arquivo de agosto de 2010

Fundação Telefônica, Pró-Menino

Encontro Internacional Online contra Trabalho Infantil começa nesta quarta

Tem início amanhã (01/09) a etapa virtual do III Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil, promovido pela Fundação Telefônica. Durante dois meses, e de forma inédita, o evento se utilizará das novas tecnologias de informação e comunicação como ferramentas para a discussão sobre o combate e a erradicação do trabalho infantil. Aproximadamente quatro mil pessoas já estão inscritas. Para participar, o endereço é http://pt.encontrotrabalhoinfantil.fundacaotelefonica.com/ 

A abertura do evento ocorrerá através de vídeos dos presidentes da Fundação Telefônica Espanha e Brasil, Javier Nadal e Sergio Mindlin, respectivamente;  do coordenador para a América do Sul do Programa Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil da Organização Internacional do Trabalho (IPEC/OIT), Manuel García; e da coordenadora do CEATS - Centro de Empreendedorismo Social e Administração em Terceiro Setor, da Universidade de São Paulo, Rosa Maria Fischer.

A primeira atividade, programada para as 13h desta quarta-feira, dia 1º, será uma mesa redonda sobre a situação do trabalho infantil na América Latina e um panorama das formas de combate a essa prática. Três especialistas peruanos participarão do evento: Giselle Silva, consultora internacional em assuntos da infância; Walter Alarcón Glasinovich, sociólogo da Universidade Nacional Mayor de San Marcos e consultor de organismos internacionais; e Isaac Ruiz, chefe do Programa de Promoção de Direitos de Crianças e Adolescente do Peru e membro do Comitê Diretivo Nacional para a Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil.

No dia 2, às 13h, ocorrerá um chat com José Henrique Fernandes, sobre “Trabalho Infantil – uma alternativa perversa de emancipação e socialização laboral”. Ele é secretário-executivo do Centro de Informações e Estudos do Uruguai (CIESU) e professor titular, encarregado do curso de Metodologia da Investigação Social da Universidade da República, além de ser consultor do Bando de Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Já no dia 7 de setembro, também às 13h, está prevista a realização de chat com Giselle Silva sobre o tema: “As formas de combate ao Trabalho Infantil na atualidade têm eficácia?”.

 

Espaço de discussão

O tema desta edição do Encontro Internacional é Redes e Inovação para a Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. A ideia é que o evento online se constitua num amplo espaço de discussão sobre trabalho infantil, onde todos os atores envolvidos possam trocar informações e experiências, sobretudo no âmbito da América Latina. Com isso, pretende-se promover uma discussão contínua entre os participantes e fomentar a criação de uma rede internacional de prevenção e combate ao trabalho infantil.

Todos os participantes terão acesso a um ambiente de rede social, no qual terão a oportunidade de se comunicar e trocar experiências. O debate na web ocorrerá até outubro e é aberto a todas as pessoas. É esperada a participação de representantes do terceiro setor e de organismos internacionais, além de responsáveis, nesses países, pela formulação de políticas públicas de combate ao trabalho infantil, professores universitários, pesquisadores e investidores sociais. 

As atividades na web convergirão para as apresentações do encontro presencial, marcado para os dias 3 e 4 de novembro, em Bogotá (Colômbia). 

O evento é uma iniciativa da Fundação Telefônica com apoio da OIT (Organização Internacional do Trabalho) e do PREAL (Programa de Promoção da Reforma Educativa da América Latina e Caribe). O desenvolvimento da ferramenta online é do CEATS/FIA (Centro de Empreendedorismo e Administração em Terceiro Setor da Fundação Instituto de Administração).

 

Programa Pró-Menino

 

A Fundação Telefônica desenvolve ações de combate ao trabalho infantil por toda a América Latina, no âmbito do Programa Pró-Menino. No continente, são beneficiadas mais de 170 mil crianças, número que deverá chegar perto de 200 mil ainda neste ano. No Brasil, a instituição atua na erradicação do trabalho infantil através do apoio a 24 organizações em 17 municípios paulistas, protegendo cerca de 10 mil crianças do risco do trabalho precoce.

 

Sobre a Fundação Telefônica

 

A Fundação Telefônica gerencia a maior parte da Ação Social e Cultural do Grupo Telefônica no mundo, demonstrando seu compromisso com as sociedades junto às quais atua. A instituição está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Equador e Venezuela e também desenvolve programas junto a operadoras locais da Telefônica em El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Panamá e Uruguai. No Brasil, foi criada em 1999 e atua para o desenvolvimento social, através da consolidação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Desde o início de sua atuação, mais de 500 mil pessoas já foram beneficiadas direta ou indiretamente pelos projetos que desenvolve, por meio dos programas EducaRede,  Pró-Menino, Arte e Tecnologia e Voluntários Telefônica.

mais notícias
Voluntariado

Em Campinas, obras para o Dia dos Voluntários já começaram

Escola Evangelho Esperança, em Hortolândia, já está em obras

Falta um mês para o Dia dos Voluntários, que acontece em 1º de outubro, mas as ações prévias em Campinas já seguem a todo vapor na Escola Evangelho Esperança, que fica no bairro Chácara Nova Boa Vista, em Hortolândia. O comitê dos voluntários fez um levantamento no local e constatou que algumas pequenas reformas eram necessárias para que o local ficasse totalmente em condições de dar o melhor às crianças.

 

Os banheiros foram os que mais receberam atenção: os quatro que existem no local estão passando por uma reforma total, incluindo parte hidráulica e elétrica. A sala de informática está ganhando novo forro e divisórias.

 

Outro local que ganhou uma atenção especial foi a cozinha da escola, que está passando por uma manutenção geral. Além disso, os voluntários já providenciaram a troca de todos os vidros quebrados e a regularização dos circuitos elétricos e da iluminação de toda a instituição.

 

Na parte externa, todo o telhado está passando por uma revisão e as calçadas frontal e lateral estão sendo recuperadas. A instituição atende 250 crianças.

 

Agora é esperar pelo grande dia. As inscrições para o Dia dos Voluntários estão chegando. Participe!

 

                                                   

mais notícias
Fundação Telefônica, Pró-Menino

Fundação Telefônica anuncia finalistas do 6º Concurso Causos do ECA

A Fundação Telefônica definiu os finalistas do 6º Concurso Causos do ECA, promovido por meio do Portal Pró-Menino, que atua em prol dos direitos de crianças e adolescentes. No total, foram 20 selecionados dentre 1.196 trabalhos inscritos – um número recorde -, com histórias contadas por quem viveu ou presenciou situações em que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) transformou vidas.

A partir de 1º de outubro, os internautas poderão votar na história finalista de sua preferência, através do www.promenino.org.br. Pela primeira vez, neste ano, haverá uma premiação por Júri Popular e o “causo” vencedor receberá R$ 10 mil.

Durante evento, a se realizar no dia 23 de novembro, serão premiadas as histórias inscritas em duas categorias: “ECA como instrumento de Transformação”, voltada para a divulgação de experiências gerais em que a aplicação do estatuto tenha impactado a vida de crianças e adolescentes; e “ECA na Escola”, destinada a promover histórias em que a lei tenha sido determinante para mudar uma situação na comunidade escolar. Será concedido prêmio de R$ 15 mil para os primeiros colocados de cada categoria; de R$ 10 mil, para os segundos e de R$ 5 mil para os terceiros lugares.


Os finalistas

São dez finalistas em cada uma das duas categorias. O Estado de São Paulo teve o maior número de selecionados, com cinco histórias, seguido do Rio Grande do Sul, com três, e do Espírito Santo, Ceará e Paraná, com duas, cada. Outros estados com finalistas com um “causo” são: Amapá, Alagoas, Rio de Janeiro, Pernambuco, Bahia e Distrito Federal. Entre os temas mais abordados entre os finalistas, estão medidas socioeducativas, divulgação de projetos, saúde, direito à educação e articulação do SGDCA (Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente).

A escolha dos premiados será realizada por um corpo de jurados formado por pessoas atuantes na área da infância e juventude, da Andi (Agência de Notícias dos Direitos da Infância) e da área de literatura. Dentre elas, quatro serão selecionadas pela coordenação do concurso para servirem de roteiro para a gravação de curtas-metragens, a serem lançados durante o evento de premiação. Os “causos” finalistas serão veiculados em uma publicação impressa e outra em meio digital.

O Concurso Causos do ECA é uma iniciativa da Fundação Telefônica, em parceria com a ANDI (Agência de Notícias dos Direitos da Infância) e com o CEATS - Centro de Empreendedorismo Social e Administração em Terceiro Setor, da FIA (Fundação Instituto de Administração), e que é gestor do Portal Pró-Menino.

Sobre a Fundação Telefônica


A Fundação Telefônica gerencia a maior parte da Ação Social e Cultural do Grupo Telefônica no mundo, demonstrando seu compromisso com as sociedades junto às quais atua. A instituição está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Equador, El Salvador e Venezuela e também desenvolve programas junto a operadoras locais da Telefônica na Guatemala, Nicarágua, Panamá e Uruguai. No Brasil, foi criada em 1999 e atua para o desenvolvimento social, através da consolidação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Desde o início de sua atuação, mais de 500 mil pessoas já foram beneficiadas direta ou indiretamente pelos projetos que desenvolve, por meio dos programas EducaRede,  Pró-Menino, Arte e Tecnologia e Voluntários Telefônica.

mais notícias

Publicado em 26 de agosto de 2010

1 Comentário »

Tags: , , ,

Voluntariado

Campanha de doação de sangue mobiliza 122 voluntários

Eliane, da Telesp, foi uma das voluntárias desta campanha

Eliane, da Telesp, foi uma das voluntárias desta campanha

A segunda campanha de doação de sangue 2010, organizada pelo Programa Voluntários Telefônica, mobilizou 122 doadores entre os dias 2 e 14 de agosto. Catorze hospitais estavam cadastrados para a coleta, todos escolhidos por estarem próximos aos prédios das empresas da Telefônica.

 

 

A campanha aconteceu na cidade de São Paulo, incluindo Osasco e ABC, além de Campinas e Porto Alegre.

 

Veja mais fotos dos doadores no blog dos voluntários. Clique aqui.

mais notícias

Publicado em 24 de agosto de 2010

1 Comentário »

Tags:

Voluntariado

Dia dos Voluntários: em Porto Alegre, obras na creche estão aceleradas

 

Obras na creche Mãezinha do Céu, em Porto Alegre, estão aceleradas

Obras na creche Mãezinha do Céu, em Porto Alegre

Pelo quarto ano consecutivo os voluntários do Terra de Porto Alegre participarão do Dia dos Voluntários Telefônica, desta vez beneficiando a instituição Mãezinha do Céu. Trata-se de uma creche comunitária localizada no bairro Sarandi, que hoje atende cerca de 40 crianças, de 0 a 6 anos.

A creche foi construída por meio de mutirão, e hoje se mantém com contribuições de moradores e uma verba d governo. Com a ajuda dos voluntários, estão sendo construídas duas novas salas em um terreno ao lado, que vão proporcionar a ampliação do número de crianças atendidas, além da construção de um refeitório, hoje extremamente necessário.

As obras estarão finalizadas em 1º de outubro, para que os voluntários entrem com a pintura, mobiliário e decoração do local.

Neste ano os voluntários de Porto Alegre estão registrando todas as ações voluntárias em um blog: http://voluntariospoa.wordpress.com, onde é possível acompanhar a evolução das obras e também conhecer a participação destes profissionais em outras campanhas de solidariedade.

Participe do Dia dos Voluntários (em 1º de outubro) e ajude a mudar a história de muitas pessoas. Aguarde as inscrições.

mais notícias
Voluntariado

Participe da campanha Incentivo Criança 2010

Você já imaginou fazer com que parte do seu Imposto de Renda seja aplicado em benefício de crianças e adolescentes carentes? Pois a Campanha Incentivo Criança tem este objetivo. Neste ano, todos os recursos serão voltados para o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Vicente, em Santos. A renda será revertida para a implantação do REDECA, uma rede que interliga os sistemas utilizados pelas instituições que atendem crianças e adolescentes, formando um registro único quanto às informações sobre saúde, educação e assistência social das crianças atendidas. Os recursos serão utilizados na compra de computadores para as instituições, aquisição de software operacional, treinamento dos usuários do sistema e promoção da rede.

 

Podem participar da campanha funcionários e executivos da Telefônica, Terra, TVA e TGestiona. A campanha, que está em sua 6ª edição, foi criada para que os profissionais possam destinar parte do Imposto de Renda para projetos sociais que atendem crianças e adolescentes.

 

Saiba como participar

Quem optar pela doação/destinação até o dia 20 de setembro poderá ter o valor parcelado em 3 vezes, já descontados diretamente na folha de pagamento. Basta acessar o sistema de doação (clique aqui), simular os valores (até 6% do imposto de renda devido) e programar a doação.

 

Esta opção não é válida para funcionários da TVA, que devem fazer suas doações por meio de depósito em conta corrente diretamente para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Vicente:

 

Banco Santander – Ag . 0135
Conta n º 45000444-2

CNPJ: 46177523/0001-09

 

O depósito em conta pode ser feito até o dia 31 de dezembro. Para ter sua participação contabilizada no programa, e receber o comprovante que será utilizado em sua próxima declaração, envie um e-mail para voluntariado@telefonica.org.br, com o comprovante do depósito, seu nome, e-mail, telefone e CPF.

mais notícias

Publicado em 20 de agosto de 2010

Sem comentários »

Tags:

Fundação Telefônica

Fundação Telefônica e OEI premiam professora brasileira por inovação pedagógica

A Fundação Telefônica e a Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) anunciaram os ganhadores da terceira edição do Prêmio Internacional de Educação e TIC Fundação Telefônica-OEI. Na modalidade Individual, a vencedora foi a professora Léa da Cruz Fagundes, doutora em Psicologia Escolar e Desenvolvimento Humano, no campo da educação na era digital. Docente no programa de pós-graduação de Informática na Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ela é a primeira brasileira a receber o prêmio.

 

Para a escolha da professora, que é também coordenadora de pesquisa no Laboratório de Estudos Cognitivos da UFRS e assessora do Ministério da Educação, foram levados em consideração o nível de projeção ou prestígio nacional ou internacional, a adequação de sua trajetória ao objetivo de integrar as Tecnologias da Informação e Comunicação na educação e os projetos de investigação teórica ou experimental relacionados a essa temática, entre outros critérios.

 

O prêmio, que possui também a modalidade Institucional, procura destacar as trajetórias mais relevantes por seu valor na inovação pedagógica, através da incorporação das TIC, contribuindo de forma substancial para a melhoria da qualidade da educação. São destacadas tanto organizações e empresas como pessoas da região ibero-americana.

 

No âmbito institucional, o vencedor do prêmio é o ENLACES - Centro de Educação e Tecnologia do Ministério da Educação do Chile, por haver conseguido melhorar a qualidade da educação chilena através das TIC e desenvolver uma cultura digital.

 

A premiação consiste em uma obra do artista Antoni Muntadas para os ganhadores em cada uma das modalidades, e em uma dotação financeira de 6.000 euros para o premiado na categoria individual. A entrega dos prêmios ocorrerá durante a primeira jornada do Congresso Ibero-americano de Educação, que acontecerá entre 13 e 15 de setembro em Buenos Aires, e contará com a participação de ministros de educação e cultura de países da região.

 

O evento, organizado pela OEI juntamente com o Ministério da Educação da Argentina e Secretaria Geral Ibero-americana (SEGIB), será realizado sob o slogan “Um congresso para considerar toda a educação que queremos”. O evento conta com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

 

A Fundação Telefônica vai participar em duas sessões: “Escolas na sociedade da informação” e “TIC e aprendizagem escolar”. A primeira será realizada sob a presidência de Javier Nadal, vice-presidente executivo da Fundação Telefônica da Espanha, e contará com a presença, entre outros especialistas, de Roberto Carneiro, ex-Ministro da Educação de Portugal.

 

Sobre a Fundação Telefônica

A Fundação Telefônica gerencia a maior parte da Ação Social e Cultural do Grupo Telefônica no mundo, demonstrando seu compromisso com as sociedades junto às quais atua. A instituição está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Equador, El Salvador e Venezuela e também desenvolve programas junto a operadoras locais da Telefônica na Guatemala, Nicarágua, Panamá e Uruguai. No Brasil, foi criada em 1999 e atua para o desenvolvimento social, através da consolidação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Desde o início de sua atuação, mais de 500 mil pessoas já foram beneficiadas direta ou indiretamente pelos projetos que desenvolve, por meio dos programas EducaRede,  Pró-Menino, Arte e Tecnologia e Voluntários Telefônica.

mais notícias
Fundação Telefônica, Pró-Menino

Prorrogadas as inscrições para a etapa virtual do Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil

A Fundação Telefônica prorrogou para 29 de agosto o prazo para a realização de inscrições de estudos e experiências na área para a etapa virtual do III Encontro Internacional contra o Trabalho Infantil. De forma inédita, o evento lançará mão das novas tecnologias de informação e comunicação como ferramentas para a discussão em torno da erradicação do trabalho precoce. Assim, a partir de 1º de setembro, começam na Internet os debates sobre o tema. As inscrições devem ser feitas pelo endereço http://pt.encontrotrabalhoinfantil.fundacaotelefonica.com/

 

As atividades na web convergirão para as apresentações do encontro presencial, marcado para os dias 3 e 4 de novembro, em Bogotá (Colômbia). O tema desta terceira edição será Redes e Inovação para a Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. A ideia é que o encontro on-line se constitua num amplo espaço de discussão sobre trabalho infantil, onde todos os atores envolvidos possam trocar informações e experiências, sobretudo no âmbito da América Latina. Com isso, pretende-se promover uma discussão contínua entre os participantes e fomentar a criação de uma rede internacional de prevenção e combate ao trabalho infantil.

 

Entre os especialistas que participarão do evento virtual, já estão confirmados o pedagogo Antônio Carlos Gomes da Costa, um dos redatores do ECA (Brasil); Maria Helena Van Yurick, do Comitê Regional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil da OIT (Chile); a socióloga Virgínia Murilo, coordenadora de uma plataforma contra o trabalho infantil na América Central e República Dominicana (Costa Rica); Isaac Ruiz, Chefe do Programa de Promoção de Direitos de Crianças e Adolescente (Peru); e o sociólogo José Henrique Fernandez, pesquisador sênior do Centro de Informações e Estudos do Uruguai - CIESU (Uruguai). Por meio de ferramentas on-line, os participantes poderão interagir diretamente com eles, em vídeos, mesas-redondas, chats e fóruns, e terão a chance de debater diretamente sobre cada um dos temas.

 

Além disso, todos os participantes terão acesso a um ambiente de rede social, como Facebook, Twitter, Orkut e Youtube, onde poderão inserir fotos e perfis, além de terem a oportunidade de se comunicar entre si e estabelecer intercâmbio de experiências.

 

O debate na web ocorrerá até outubro. As inscrições para o público que quer apenas participar das discussões, sem inscrever trabalhos, estarão abertas permanentemente. É esperada a participação de representantes do terceiro setor e de organismos internacionais de 13 países da Ibero-américa, além de responsáveis, nesses países, pela formulação de políticas públicas de combate ao trabalho infantil; professores universitários; pesquisadores e investidores sociais.

 

Programa Pró-Menino

 

A Fundação Telefônica desenvolve ações de combate ao trabalho infantil por toda a América Latina, no âmbito do Programa Pró-Menino. No continente, são beneficiadas mais de 170 mil crianças, número que deverá chegar perto de 200 mil ainda neste ano. No Brasil, a instituição atua na erradicação do trabalho infantil através do apoio a 24 organizações em 17 municípios paulistas, protegendo cerca de 10 mil crianças do risco do trabalho precoce.

 

Sobre a Fundação Telefônica

A Fundação Telefônica gerencia a maior parte da Ação Social e Cultural do Grupo Telefônica no mundo, demonstrando seu compromisso com as sociedades junto às quais atua. A instituição está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Equador e Venezuela e também desenvolve programas junto a operadoras locais da Telefônica em El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Panamá e Uruguai. No Brasil, foi criada em 1999 e atua para o desenvolvimento social, através da consolidação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Desde o início de sua atuação, mais de 500 mil pessoas já foram beneficiadas direta ou indiretamente pelos projetos que desenvolve, por meio dos programas EducaRede,  Pró-Menino, Arte e Tecnologia e Voluntários Telefônica.

mais notícias
Voluntariado

Dia dos Voluntários: reformas na AME já começaram

A instituição escolhida para ser beneficiada neste ano no Dia dos Voluntários Telefônica já está passando por reformas preliminares. A AME – Associação das Mulheres pela Educação, localizada em Osasco, está totalmente em obras. “Fizemos um levantamento das necessidades de infraestrutura da instituição e vamos reformar as instalações no que diz respeito aos serviços de pedreiro, encanador e eletricista, que não fazem parte das atividades do Dia dos Voluntários”, explica Eliana Cristina Alberico Skuja, engenheira da TGestiona e responsável pelas obras.

 

Entre as melhorias, a casa principal passará por reformas no telhado e adaptações elétricas. A cozinha ganhará nova pia e gabinetes, e a sala dos professores será ampliada, bem como o pátio onde brincam as crianças.

 

Na casa II, onde são realizadas as oficinas, as salas de aula também estão passando por adaptações, com a regularização dos pisos, ampliação dos espaços e melhoria dos sistemas hidráulicos dos banheiros. A sala onde as crianças participam do Projeto Guri, por exemplo, ganhará espaço para dar mais comodidade aos pequenos artistas.

 

Na parte esportiva, os profissionais já estão reformando uma sala para abrigar o material esportivo usado nos treinos. Também será construída uma pequena mini-arquibancada no local. A quadra de esportes vai ganhar um novo alambrado.

 

Um espaço bastante concorrido pelas crianças, que fica próximo à horta, também está passando por reformas. A escada que dá acesso ao local vai ganhar corrimão e guarda-corpo, buscando aumentar a segurança dos pequenos.

 

Estas e outras melhorias necessitam ser feitas previamente, para que no Dia dos Voluntários tudo esteja perfeito para receber a pintura e sejam realizadas com sucesso as demais atividades dos participantes.

 

Fique ligado. O Dia dos Voluntários será em 1º de outubro. Aguarde as inscrições.

 

 

Por Lucy De Miguel  |  Vetor Comunicação

mais notícias

Publicado em 17 de agosto de 2010

Sem comentários »

Tags: ,

EducaRede, Fundação Telefônica

Educar na Cultura Digital é tema de debate na Bienal do Livro

As Fundações Telefônica e Santillana promovem nesta sexta-feira, dia 20, debate com especialistas em torno do tema “Educar na Cultura Digital”. O evento, que tem apoio da Organização dos Estados Iberoamericanos (OEI), acontecerá no auditório da Bienal do Livro, no Anhembi, a partir das 19h30.

 

O debate contará com a participação de três especialistas: Léa Fagundes, coordenadora do Laboratório de Estudos Cognitivos do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que se dedica há mais de 20 anos à informática educacional; Rodrigo Nejm, diretor de Prevenção da Safernet e responsável pela criação de materiais pedagógicos e pesquisas para prevenção aos cibercrimes contra Direitos Humanos no Brasil; e André Lemos, professor da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia e diretor do Centro Internacional de Estudos Avançados e Pesquisa em Cibercultura. A mediação será da apresentadora de rádio e TV, Renata Simões.

 

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo e.mail andrea.nascimento@moderna.com.br ou pelo telefone (11)2790 1520. As vagas são limitadas. Haverá transmissão online do debate, pelo site www.educarnaculturadigital.org.br

 

Grupo de Estudos

 

As instituições aproveitarão o debate para lançar Grupo de Estudos pela Internet envolvendo a mesma temática. O objetivo é colaborar para a absorção de novos códigos e linguagens da era digital, visando ao desenvolvimento intelectual e cultural de profissionais envolvidos com o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), e também ao exercício responsável e ético de novas práticas sociais.

 

Para a viabilização do Grupo de Estudos, foi projetado um espaço online, com ambiente interativo, na plataforma tecnológica de ensino à distância do Programa EducaRede, da Fundação Telefônica, que promove a educação, sobretudo com a aplicação das tecnologias voltadas para a comunicação e a informação. Os participantes terão a sua disposição materiais didáticos e de apoio, com indicação de fontes de pesquisa, além de recursos como bate-papos e palestras com especialistas, transmitidos via streamer pela TV WEB da Fundação Santillana.

 

A mediação online será organizada de forma a potencializar o aprofundamento de conteúdos e a troca de conhecimento e experiências entre os participantes, durante a realização de cinco módulos de estudo, em torno dos seguintes temas: Mundo Digital; Geração Interativa (ou Geração Y); Aprendizagem na Cultura Digital; Ensino e Inovação Pedagógica; e Avaliação do uso das TIC.

 

O Grupo de Estudos inicia atividades em agosto, devendo se estender até dezembro. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas via internet, através do endereço www.educarnaculturadigital.org.br

 
Sobre a Fundação Telefônica

A Fundação Telefônica gerencia a maior parte da Ação Social e Cultural do Grupo Telefônica no mundo, demonstrando o compromisso da empresa com as sociedades junto às quais atua. A instituição está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Equador e Venezuela e também desenvolve programas junto a operadoras locais da Telefônica em El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Panamá e Uruguai. No Brasil, foi criada em 1999 e atua para o desenvolvimento social, através da consolidação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Desde o início de sua atuação, mais de 500 mil pessoas já foram beneficiadas direta ou indiretamente pelos projetos que desenvolve, por meio dos programas EducaRede,  Pró-Menino, Arte e Tecnologia e Voluntários Telefônica. Acesse: www.fundacaotelefonica.org.br

Sobre a Fundação Santillana

Com o objetivo de fomentar a reflexão sobre as questões mais relevantes para o futuro do ensino no Brasil, a Fundação Santillana, entidade destinada ao fomento da educação mantida pelo Grupo Santillana, realiza diversas ações no país. Entre os projetos apoiados pela Fundação no Brasil estão o Congresso Internacional de Educação, o Prêmio Vivaleitura, e o projeto “Escolas de Valor”.

Sobre a OEI

A Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura – OEI – é um organismo internacional de caráter governamental para a cooperação entre os países ibero-americanos. Sua atuação é voltada à promoção da educação, da ciência, da tecnologia e da cultura no contexto do desenvolvimento, da democracia e da integração regional. Os Estados-membros da OEI são todos os países ibero-americanos que conformam a comunidade de nações integrada por Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, República Dominicana, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, Uruguai e Venezuela. A sede central da sua Secretaria–Geral está em Madri, Espanha.

mais notícias