Siga-nos nas Redes Sociais

Facebook YouTube

  

Notícias

Posts com a Tag ‘Voluntariado’

Fundação Telefônica, Inovação Social, Voluntariado

Livro Voluntariado Digital traz uma pesquisa fascinante acerca do tema

No dia 02 de dezembro foi disponibilizado para download o livro Voluntariado Digital, a mais recente publicação da Fundação Telefônica organizada pela especialista Monica Galiano.

Uma pesquisa acerca do crescimento da cultura online e do potencial do voluntariado digital foi feita ao longo de 18 meses, por grupos espalhados em três países. Os trabalhos foram realizados, inicialmente, em três línguas também.

O objetivo foi estudar as tendências e oportunidades que existem na área do voluntariado com o advento de um mundo quase 100% conectado, facilitando uma visão de futuro que almeja mudar a sociedade através de soluções criativas.

Ao todo, 100 iniciativas foram mapeadas ao redor do mundo, separadas em cinco fatores diferentes:

  • Conexão
  • Mobilidade
  • Grau de Informação
  • Sensibilidade às causas
  • Multi (multi-tarefas, multi-causas, multi-pessoas, multi-culturas)
     

O livro conta como essas iniciativas afetam positivamente a potência do voluntariado digital como um forte aliado do voluntariado presencial.

Este ano, a Fundação Telefônica comemora 15 anos, e há 10 que investe em voluntariado, fazendo parte de uma rede de fundações que agem de maneira colegiada, espalhadas pela Espanha e América Latina.

Faça download do livro AQUI.

 

mais notícias

Publicado em 11 de dezembro de 2014

Sem comentários »

Tags: , , , , ,

Comunicação e eventos, Fundação Telefônica, Institucional, Voluntariado

Retrospectiva 2014: o que fizemos para transformar a vida de muita gente!

No ano em que a Fundação Telefônica Vivo celebrou 15 anos de história, não faltaram motivos para comemorar. Afinal, mais pessoas se juntaram à nós e participaram dos nossos projetos para transformar a vida de muita gente por meio da tecnologia. Basta assistir aos mais de 1.000 vídeos enviados (pelos colaboradores do Grupo com depoimentos em que contam como fazem parte da Fundação Telefônica Vivo.

Na Semana do Voluntariado Digital, os colaboradores se engajaram em missões solidárias, disponíveis em uma plataforma gameficada. A cada missão cumprida, novos pontos. Coletivamente, todos cumpriram a meta geral, por meio de 1.034 missões, e isso resultou na doação notebooks para 10 escolas rurais participantes do projeto Escolas Rurais Conectadas. Através do programa Vacaciones Solidárias, alguns colaboradores tiveram a oportunidade de fazer o bem em outros países! Nesse ano, foram 86 colaboradores inscritos, o recorde em uma edição do programa. 11 deles foram selecionados e tiveram férias inesquecíveis, participando de atividades voluntárias em ONGs de países da América Latina. Já o Dia dos Voluntários Telefônica merece atenção especial: em 39 cidades brasileiras, 4.500 colaboradores arregaçaram as mangas para ajudar mais de 25 mil pessoas, seja por meio de ações presenciais ou pelo voluntariado digital, que permite ao colaborador realizar a ação social conforme a sua disponibilidade de tempo. Até animais abandonados foram beneficiados na edição desse ano, que contou com uma feira de adoção de animais realizada no estacionamento do Edifício Eco Berrini.

Em 2014, lançamos a segunda fase do projeto Escolas Rurais Conectadas nas cidades de Cambuí (MG) e Carpina (PE) e, em parceria com a Samsung, doamos notebooks para escolas destes municípios para que os professores participem de formações online. Desde 2012, o projeto leva conexão 3G para escolas públicas e rurais brasileiras e até o final de 2015, 22 mil escolas estarão conectadas. A Campanha É da Nossa Conta!, apadrinhada nesse ano pelo cantor Gilberto Gil, ganhou força no semiárido do País, mobilizando jovens, famílias e empregadores da região para reconhecer e enfrentar o trabalho infantil. E através do projeto Escolas que Inovam, conseguimos fazer a implantação de fibra ótica de 100 mega à Escola Campos Salles e realizar ações do Dia dos Voluntários Telefônica na Escola Amorim Lima.

Participamos de mais uma edição do Seminário Social Good Brasil, evento que discute e promove o uso de tecnologias e novas mídias para a transformação social. A ocasião foi propícia para o lançamento do Estudo de Tendências Visão de Futuro +15, desenvolvido pela Fundação para planejar suas inciativas e trabalhos olhando para o futuro e inspirada em inovações da sociedade
Esperamos que no final de 2015 a nossa retrospectiva esteja ainda mais repleta de boas ações que transformem a vida de muitas pessoas. Porque encontrar novos caminhos é o nosso jeito de contribuir para a mudança social.
Desejamos Boas Festas e um ano novo cheio de realizações!

mais notícias

Publicado em 11 de dezembro de 2014

Sem comentários »

Tags: , , , ,

Outros

Entrevista com João Paulo Nogueira Ribeiro, criador do Horas da Vida

large

Criado em dezembro de 2012, o Horas da Vida nasceu como uma solução para que mais pessoas tenham acesso à saúde de maneira organizada.

O projeto idealizado pelo Dr. João Paulo Ribeiro e Rubem Ariano conecta profissionais e empresas da área de saúde que atende gratuitamente pessoas assistidas por instituições com trabalho social reconhecido.

A missão é servir como modelo inspirador e exemplo de como a sociedade pode se organizar, baseando-se nos valores de humanização, inclusão, resolutividade, respeito e comprometimento, de forma que cada vez mais pessoas tenham acesso irrestrito à saúde.

 

O Programa Horas da Vida foi criado em dezembro de 2012, o que aconteceu durante essa época que serviu de gatilho para a criação do programa?

Fundei em 2011 a ConsultaClick (soluções em saúde e agendamento online de consultas). No final de 2012 contávamos com um grande número de agendas (horários) disponíveis que não eram utilizados e pensamos em aproveitar esses horários perecíveis para atender alguém menos favorecido e viabilizar o voluntariado na área da saúde.

Eu já fazia o atendimento voluntário em meu consultório e tinha conhecimento que muitos de meus amigos e colegas também o faziam… está na vocação do profissional da área da saúde

Meu sócio, Rubem Ariano, também compartilhava comigo desses valores (retribuir, ajudar o próximo).

Ganhei um prêmio de HBS (Harvard) OPM2012, disciplina de inovação. O prêmio foi uma consultoria que apontou um forte viés de inclusão, acesso e uma recomendação para nos aproximarmos mais da sociedade.

Esses foram os fatores que somados nos motivaram a criar o Horas da Vida.

Como foi o processo de encontrar médicos interessados em fazer parte do Horas da Vida?

Não são apenas médicos. Dentistas, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas… as 9 profissões da área da saúde.

No começo, chamei os amigos. No boca a boca, mesmo. Na sequência, o crescimento foi acontecendo pois tenho, como médico, uma grande rede de contatos na área da saúde. Felizmente a adesão é muito grande, pois percebemos uma vontade de ajudar que vinha de encontro ao nosso mecanismo que facilitava todo o processo.

O programa foi inspirado em algum modelo já existente?

Não. E o interessante, que a Nova SB, uma agência de marketing que nos atende pró-bono, realizou uma pesquisa que apontou que somos a primeira plataforma digital no mundo que viabiliza o voluntariado na área da saúde.

Quem são as pessoas com mais difícil acesso a saúde?

Em geral aquelas que não possuem a informação correta de como funciona o sistema e aquelas que sofrem com as carências regionais. Mas, no nosso caso, direcionamos o atendimento gratuito a pessoas assistidas por ONGs que fazem um trabalho sério e reconhecido. Assim temos a certeza, que esta triagem, identifica quem tem um problema de saúde e não pode pagar para resolvê-lo.

Vocês realizam mutirões relacionados a diversas necessidades de saúde, há algum caso em particular em que a vida de uma pessoa foi transformada por conta de um desses mutirões?

Existem muitos casos. Alguns deles muito marcantes, como o caso de uma criança de 9 anos de idade que chegou até o Horas da Vida com a suspeita de autismo. Na avaliação dela encontramos uma deficiência visual: 9 graus de miopia. Conseguimos óculos e no acompanhamento desta criança, ela se mostrou completamente normal. Uma ação simples que certamante fez a diferença na vida dela.

Onde são feitas as palestras para promoção de saúde e controle de doenças crônicas? E como vocês conseguem angariar um público para essas palestras?

São realizadas nas ONGs que atendemos com as pessoas que são assistidas por elas.

Como o trabalho voluntário se encaixa na rotina de um médico?

Com o Horas da Vida de forma extremamente simples. Pois o profissional voluntário recebe o paciente triado para sua especialidade, no seu próprio consultório no dia e hora que ele pode disponibiliza para o atendimento.

Quais são os planos para o Horas da Vida nos próximos 5 anos?

Expansão nacional e criar o braço de educação na saúde.

mais notícias

Publicado em 2 de dezembro de 2014

Sem comentários »

Tags: , ,

Arte e Tecnologia, Comunicação e eventos, Institucional, Voluntariado

Jovem empreendedora encabeça empresa que é hoje a maior rede de troca colaborativa do mundo

Lorrana

Lorrana Scarpioni tem apenas 24 anos, mas já ocupa a cadeira de CEO e co-fundadora do Bliive,  a maior rede de troca colaborativa de troca de tempo do mundo.

Advogada e graduada em Direito e Relações Públicas, ela também estudou Direitos Humanos e História das Ideias Políticas na Universidade de Lisboa, em Portugal.

A ideia do Bliive nasceu em meados de 2012, fruto de inspiração que veio de dois documentários que falavam de colaboração online e sobre como a internet estava empoderando e democratizando as relações entre as pessoas. Lorrana começou a se questionar sobre o que ela poderia fazer no mundo com todos os recursos que dispunha e foi assim que surgiu a empresa que hoje tem sede também no Reino Unido.

A jovem fala que desde o primeiro momento pensou em trabalhar com ONGs, algo que se diz muito apaixonada. Para impulsionar as transações e premiar o voluntário, criou o TimeMoney, uma moeda oferecida em troca do tempo de trabalho voluntário.

Os usuários que tiverem mais TM’s, sigla usada pelo site, poderão pedir para participar de atividades que sejam mais complexas e que requeiram mais tempo dedicado. Dessa forma, pessoas com diferentes habilidades podem doar seu tempo e receberem a recompensa na mesma moeda.

O modelo foi um sucesso e, hoje, graças à plataforma, as ONGs conseguem encontrar necessidades de demandas que nem elas mesmas sabiam que tinham – como é o caso dos voluntários que ajudam creches mesmo sem saber lidar com crianças, mas oferecendo seus conhecimentos administrativos e de finanças.

A plataforma do Bliive existe em mais de cem países, mas o local que está no topo do número de atividades é o Brasil – algo que, segundo Lorrana, reflete o espírito voluntário e o coração dos brasileiros.

No dia 2 de dezembro, Lorrana Scarpioni estará presente no evento de lançamento do livro Voluntariado Digital: Oportunidades da tecnologia para a transformação social, que acontecerá na sede da Telefônica.

Saiba mais e inscreva-se para o evento.

mais notícias
Voluntariado

Dia dos Voluntários: o relato de uma observadora

O Dia dos Voluntários é uma iniciativa da Fundação Telefônica Vivo que junto aos colaboradores do Grupo Telefônica busca transformar a realidade por meio da união e do trabalho solidário.

A EMEF Desembargador Amorim Lima fica no Bairro do Butantã, na cidade de São Paulo e faz parte do programa Escolas que Inovam da Fundação Telefônica. Ela foi escolhida para o Dia dos Voluntários por ser uma instituição em que a solidariedade sempre está na pauta do dia, além é claro, de precisar de diversos reparos e melhorias.

A nossa convidada Audrey Borsetto esteve presente na escola durante o DVT e fez um relato sobre como foi o dia. Acompanhe!

Cheguei junto a muitos outros colaboradores por volta das 7 horas da manhã e os líderes já estavam a postos pra nos receber. Havia uma tenda para recepção, chapelaria e cadastro e fomos direcionados para lá.

A primeira atividade foi sinalizar a escola. Placas que indicavam a chapelaria, banheiro, café, recreação, foram colocadas pra ninguém se perder. Enquanto isso, o pessoal da recreação orientava as crianças a irem ao pátio, onde estavam os animadores. Lá era possível ouvir música, brincar de roda e fazer muitas outras atividades. No mesmo local foi anunciado o café da manhã que ajudou na confraternização e foi o ponto de encontro do pessoal.

img_4180

No mesmo pátio do café da manhã alguns dos organizadores do evento apareceram. Foi possível ver a Mila Gonçalves, Gerente da área de Educação e Aprendizado, a Gabi, Presidente da Fundação e a diretora da escola, Ana Elisa Siqueira conversando.

As 9h o café da manhã foi chegando ao final e os líderes foram chamados ao palco e apresentados para encaminharem seus voluntários ao local de suas atividades.

Na sala de recreação Vivo Desafio as crianças sentiam que estavam de férias!  Brincadeiras como Imagem e Ação,  mímica,  pintura no rosto, chapéus de colagem e outras tomaram o tempo e garantiram pulos e gritos das crianças. O placar na lousa contava as vitórias, mas não amedrontava ninguém: só dava impulso pra brincar mais e ganhar mais pontos.

img_4046

A sala Vivo Artes era o recanto das meninas! Pintura de rosto, manicure, escultura com bexigas, histórias e brincadeiras mantiveram-nas concentradas por um tempão.

Já a sala de Scrapbook se encaixou perfeitamente no laboratório de ciências da escola. As crianças trabalharam uma das competências do século XXI: a criatividade. Pintaram e fizeram colagens que se transformaram em um enorme quadro. Fitas coloridas,  guache, canetinhas e muita disposição foram as ferramentas usadas no ambiente. Uma delícia de atividade.

Vivo Fantasia foi o nome dado a uma sala em que havia contação de histórias. Um tapete e máscaras foram o suficiente pra manter as crianças felizes ou apavoradas. Os voluntários usaram máscaras pra interpretar as personagens e interagir com as crianças. Ao final,  doces eram distribuídos e adultos e crianças saíam felizes a cada sessão. Muitas crianças quiseram se expressar, e logo apareceram papéis e lápis de cor para que eles desenhassem durante as histórias.

O ambiente da sala de cinema tinha a luz baixa, mas ninguém dormiu! Curtas e animações foram projetadas em um telão e as gargalhadas eram garantidas. A cada filme as crianças pediam “coloca outro”, ou “quero filme”, além de levantarem das cadeiras pra encenar o que tinham acabado de ver. As crianças ficaram extasiadas. Pularam, gritaram, interagiram com os voluntários fantasiados e conversaram com todo mundo.

Na parte de fora da escola, a missão de jardinagem tinha fins terapêuticos, mas deixou o pessoal bem cansado devido ao sol, mesmo assim ninguém desanimou. Carpir, cortar, varrer, aguar, replantar, alterar as mudas de lugar e outras atividades exigiam luvas e tiraram suor de todos os envolvidos, mas todos estavam felizes por melhorar aquele ambiente tão importante para a escola.

img_3651

A horta também ganhou nova modelagem e ficou linda!  O que já estava bom, como manjericão, alecrim, salsinha e cebolinha foi colhido e abriu espaço para novas mudas. Os quadrados que separavam cada quadro de mudas foram pintados, a terra foi arada e regada, as folhas secas e as cascas das frutas consumidas aqui foram para a composteira, para depois virarem adubo. Aqui nada se perde e é possível aprender com tudo!

Para a atividade de catalogação de livros  o pessoal sentou no chão e botou a mão na massa: colaram etiquetas, separaram os volumes por ordem alfabética, colocaram fita adesiva nas pontinhas gastas e incluíram novos títulos para a biblioteca, ampliando o universo das crianças.

No pátio as brincadeiras continuaram! No chão foram desenhadas e pintadas amarelinhas, bolotas coloridas pra brincadeira de cores e casas pra simular brincadeira com histórias, entre outros retoques. Os voluntários se desgastaram ao sol, mas cada sorriso e cada abraço das crianças fez o esforço valer a pena. Elogios não faltaram aqui também. As crianças comentaram sobre as cores, comparavam o antes e o depois e tudo foi aprovado.

img_4002

Além das missões, a parte de fora da escola contou com uma tenda que distribuiu água fresca, barrinhas de cereais e frutas da época durante todo o dia. A equipe da escola forneceu alguns materiais necessários para cada atividade e  participou indicando os caminhos, bem no espírito do evento.

As quadras e o half de skate da escola também ganharam atenção. As faixas, as traves e todas as marcações necessárias para os jogos foram refeitas e repintadas. A arquibancada também não passou despercebida e foi raspada e pintada. No final, pareciam novos!
As crianças estavam bem interessadas nessa obra. Ao redor da quadra dava pra ouvi-las falando coisas como: “daora”, “tá ficando louco” entre outros elogios.

img_4038

Na oca a reestruturação foi bastante valorizada também.  Melhorias na terra, nos bancos de madeira, nos pneus que indicam caminhos e marcam as trilhas,  tudo ganhou novas cores e ajustes para ficar tinindo.

img_4198

Do pátio dava pra ouvir musica cantada por voz fina. Sim, eram as crianças cantando junto ao pessoal da recreação com violão. Elas eram tão talentosas que não se sairiam mal em um programa de calouros!

Os voluntários da Amorim Lima não fizeram corpo mole: quando as ações nas quais estavam alocados terminavam, eles se ofereciam para ajudar em outras atividades. Muita gente que estava limpinha cuidando da lista de presença acabou colocando o pé no barro pra reformar a oca.

Além disso, como as crianças ficaram vendo as atividades, participado da recreação, brincando pela escola o tempo todo, o pessoal adotou a atividade de tutoria também. Sempre carinhosos, explicaram para as crianças que não podiam passar da faixa pra não pisarem na tinta, ou que não podiam mexer nas ferramentas para não se cortarem, enfim, o trabalho não acabou pra quem não quis!

O grupo de voluntários foi divido em 3 turnos na hora do almoço. As fichas foram distribuídas e todo mundo degustou a deliciosa feijoada preparada pelos voluntários responsáveis pela alimentação!

img_4137

Depois do almoço foi difícil, pois o calor e o cansaço estiveram presentes, mas o pessoal não se rendeu à preguiça: todos voltaram pra suas missões, ajudaram em outras, fizeram a diferença mesmo!

Paralelamente a tudo isso, o pessoal ainda gravou depoimentos em vídeo para a corrente dos 15 anos de Fundação Telefônica, onde compartilharam a sua alegria de fazer parte dessa linda história e de mais um capitulo do Dia dos Voluntários.

Por volta das 15h as ferramentas começaram a ser recolhidas e as atividades foram finalizadas. Todos ficaram cansados, porém satisfeitos ao visualizarem o resultado geral.

As mudanças e as melhorias na estrutura da Amorim Lima ficaram incríveis e eu acredito que as crianças vão aprender e se desenvolver cada dia mais!

Juntos, cada dia conta! Compartilhe essa notícia e inspire mais pessoas a se mobilizarem por um mundo melhor. Não se esqueça de deixar sua opinião sobre o Dia dos Voluntários no nosso Facebook e no twitter da Fundação Telefônica Vivo! 

mais notícias
Voluntariado

Dia dos Voluntários: juntos, fazendo com que cada dia conte!

A Fundação Telefônica Vivo acredita que todos juntos podemos transformar a realidade e garantir um futuro mais justo e solidário para todos. Por isso, uma vez ao ano, reúne as experiências e a vontade de todos os colaboradores das empresas do Grupo Telefônica ao redor do mundo, e promove o Dia dos Voluntários.

Em 17 de outubro de 2014, aconteceu a nona edição do evento no Brasil, reunindo cerca de 4500 voluntários e atendendo diretamente a cerca de 26 mil pessoas em todos os estados do país.

cdr_4003

As experiências compartilhadas nesse dia inspiram a cada participante, seja colaborador ou beneficiário, a enxergar nas ações feitas maneiras de transformar a realidade em que vivem e a si mesmos.

O esforço de todos fez com que 52 instituições fossem auxiliadas de maneira presencial ou digital. Além das reformas e construções desenvolvidas pelos voluntários em 43 instituições, 11 animais- sendo 7 cães 4 gatos- foram adotados, 288 quilos de ração, ossos, brinquedos e biscoitos foram arrecadados e 1120 árvores nativas da mata Atlântica foram plantadas.

dsc_2719

O dia 17 foi substituído pelos dias 18 e 19 nas cidades de Uberlândia e Joinville. Para não atrapalhar as atividades desenvolvidas pelas instituições beneficiadas, os 65 voluntários optaram por utilizar seu final de semana para fazer o bem. Por isso, em breve teremos ainda números mais impactantes para compartilhar.

Antônio Carlos Valente, Presidente da Telefônica, junto à Gabriela Bighetti, Presidente da Fundação Telefônica, buscou incentivar os trabalhos realizados ao redor do país. Esteve em Belo Horizonte no dia 16 de outubro para conversar com o comitê responsável pelo Dia dos Voluntários na região, foi a Brasília no dia 17 para fazer a abertura dos trabalhos que aconteceriam na cidade e fez o encerramento do evento na cidade de São Paulo, na ONG Casa Cristo, onde cerca de 300 voluntários reformaram equipamentos culturais em um espaço de 170 mil m² e que atende toda a comunidade do bairro de Itaquera.

Durante o encerramento, Valente, como é chamado carinhosamente por todos, falou sobre o círculo virtuoso que esse dia fomenta: “As crianças mais carentes já conhecem e se interessam pela internet. O nosso trabalho vai incentivar que a inclusão digital aconteça mais rapidamente garantindo um futuro melhor para elas.”, e ainda citou o exemplo emocionante de D. Gláucia, fundadora da AMPARE-Associação de Mães, Pais, Amigos e Reabilitadores de Excepcionais que mesmo passando por um momento muito delicado em sua saúde, esteve presente na ONG contagiando a todos com sua disposição.

Já Gabriela Bighetti, agradeceu a disposição de todos os presentes durante os trabalhos, às Instituições e também aos colaboradores que ficaram nos escritórios do Grupo trabalhando pelos colegas e dizendo que o esforço deles torna o Dia dos Voluntários Telefônica tão grandioso. Em meio a muitas palmas a Presidente afirmou: “Deu tudo certo em todos os lugares. Foram mais de 4.000 voluntários e todos tiveram garra e cumpriram as metas, todas antes do previsto. Muito obrigada a todos participantes!”.

cdr_4996

O programa de voluntariado criado pela Fundação Telefônica Vivo é desenvolvido durante todo o ano e busca inspirar os colaboradores a mobilizar esforços e atuar por meios de ações solidárias. As atividades desenvolvidas alteram também o relacionamento entre os colaboradores. A data dá a oportunidade de que todos se aproximem agindo juntos por causas sociais, com o mesmo propósito: fazer o bem. Segundo o Gerente de Voluntariado Luís Guggenberg, ações como o DVT aumentam o entrosamento do time, estimulam a amizade e o respeito no ambiente de trabalho e são uma grande oportunidade para que líderes estimulem a confiança e a consciência cidadã de toda a equipe.

Mesmo com tantos números grandiosos, o maior ganho do dia foram os sorrisos e a felicidade compartilhada por todos. O sucesso dessa edição do Dia dos Voluntários pode ser visto tanto pela superação das metas quanto pelas imagens expostas aqui.

cdr_4467

Agradecemos a todos os colaboradores que acreditaram que todos juntos, fazemos com que cada dia conte. Vocês são parte da felicidade de muitas pessoas!

img_0727

mais notícias

Publicado em 19 de outubro de 2014

Sem comentários »

Tags: , , , ,

Voluntariado

Dia dos Voluntários Telefônica: mais de 4 mil colaboradores e muitas histórias de transformação para contar

O Dia dos Voluntários Telefônica começou cedo e com muito calor em 39 cidades de todo o país. Em São Paulo, os ônibus começaram a levar colaboradores para as instituições selecionadas por volta das 6 horas quando o sol já mostrava que esta sexta-feira seria ideal para transformar espaços e as vidas de 26 mil pessoas.

dvt2

Ainda no período da manhã, depois de um café reforçado, os mais de 4 mil participantes se encaminharam para a abertura simbólica do evento, com muita conversa e alongamento pra aguentar as atividades que estavam por vir.

Na Instituição Cristo Redentor, que abriga crianças e adolescentes em seus 170 mil m², o serviço foi completo: pintura em diversos locais, jardinagem, instalação de alambrado na quadra de esportes, limpeza do bosque, além de recreação para todos os assistidos pelo local – dividida por faixa etária.

O clima está contagiante com muita música, sorrisos, colaboração e, o mais importante, a bagunça das crianças!

A escola Amorin Lima, no bairro do Butantã, esteve contagiada pela mesma energia. Oficinas de cinema, jardinagem, horta, catalogação de livros e muitas outras ações animaram os pequenos e mantiveram os adultos completamente entretidos em fazer mudanças que tornarão o espaço um ambiente de aprendizagem mais acolhedor, bonito e convidativo.

image_1

Ainda na capital paulista, o prédio da Telefônica Vivo Eco Berrini abrigou diversas ações digitais e presenciais. Os voluntários que optaram por fazer o voluntariado digital cumpriram missões que beneficiarão a vida de muitos. Na parte presencial, muitos sacos de ração foram doados, além de uma feira de animais que empolgou os presentes a adotarem um melhor amigo.

“Neste ano, as pessoas estão muito empenhadas, apesar do enorme calor!”, contou a presidente da Fundação Telefônica Vivo, Gabriela Bighetti, já anunciando o sucesso da iniciativa. Na segunda-feira (20), traremos um apanhado de como foi este dia tão especial em todos os cantos beneficiados. Para saber um pouco mais, basta acompanhar o nosso blog.

A Fundação Telefônica Vivo agradece a participação de todos que arregaçaram as mangas nesta edição e espera ainda mais adesões em 2015. Até lá!

mais notícias

Publicado em 17 de outubro de 2014

Sem comentários »

Tags: , , , ,

Voluntariado

Dia dos Voluntários: Todos juntos fazendo com que cada dia conte!

Hoje, durante todo o dia, mais de 4500 colaboradores das empresas do Grupo Telefônica, utilizarão suas horas de trabalho para fazer o bem e transformar vidas por meio da ação realizada pela Fundação Telefônica Vivo.

As atividades ocorrerão em 39 cidades, mas poderão ser realizadas de todas as cidades do país, graças ao voluntariado digital! Os trabalhos presenciais serão feitos em 43 instituições como ONGs e escolas que serão reformadas e receberão novos equipamentos para reforma, jardinagem, recreação, dentre outros, custeados pela Fundação Telefônica Vivo.

A nona edição do DIA DOS VOLUNTÁRIOS mostra os resultados de um processo desenvolvido com os colaboradores do grupo ao longo de todo ano. Projetos como: Vacaciones Solidárias, Governança, Team Buillding, Digitalização de Notas Ficais e Semana do Voluntariado Digital.

Pelo menos 29 mil pessoas serão beneficiadas diretamente pelas ações que ocorrerão ao longo do dia de hoje, e você poderá acompanhar as imagens nas redes sociais por meio das hashtags oficiais do evento: #souvoluntarioFT #FTdigital #DITV

O Dia dos Voluntários Telefônica busca inspirar cada vez mais pessoas a praticar o voluntariado transformando a vida de muitos, e pra melhor!

mais notícias

Publicado em 16 de outubro de 2014

Sem comentários »

Tags: , , , ,

Voluntariado

Dia dos Voluntários Telefônica: conheça as ações de voluntariado digital!

Quando chega o Dia dos Voluntários Telefônica o espírito é de muita generosidade e emoção. Afinal, é hora de mostrar o que cerca de 4500 colaboradores, de todas as empresas do Grupo Telefônica, pode fazer para transformar o futuro de crianças, idosos, animais e até do meio ambiente através de ações de voluntariado!

Dentre as opções oferecidas pela Fundação Telefônica Vivo, encontra-se o Voluntariado Digital – que em 2014 teve grande adesão. Neste ano, serão disponibilizadas 9 missões que ajudarão diversas entidades renomadas e indicadas pelos próprios colaboradores. Conheça-as:

tabela

Para cada uma das entidades ou causas sociais acima serão desenvolvidas atividades que visam a divulgação, ajuda financeira, dentre outras surpresas ao longo de todo o dia.

Quer acompanhar esse dia tão legal? É só procurar pelas hahstags do evento: #souvoluntarioFT #FTdigital #DITV e ver as ações realizadas pelos Voluntários Telefônica.

Juntos, fazemos cada dia contar mais!

mais notícias
Voluntariado

100% animais, apoie essa causa!

100animais

O Instituto 100% Animais é uma organização do 3º setor que busca aliar empresários, ONGs e pessoas engajadas para apoiar iniciativas que transformem a vida dos animais, sejam eles domésticos, silvestres ou exóticos. Ela foi escolhida como beneficiária de uma das nossas missões do Dia do Voluntário graças ao grande alcance do trabalho, sua idoneidade e a indicação de nossos colaboradores.

Por isso, nesse Dia dos Voluntários Telefônica, convidamos você e fazer parte dessa ação e acreditar que todos juntos somos capazes de agir para transformar.

Para colaborar é simples:

*Você deve entrar no site http://www.100animais.com.br/;

*Escolher a opção Seja 100% no menu superior da página;

*Optar pela alternativa Pessoa Física;

*Escolher a opção Doação;

*E por fim, escolha o valor que você pode doar e conclua a transação bancária!

Com uma pequena doação mensal você pode contribuir com a manutenção de diversos animais pelo Instituto, veja só:

tabelavalores-2

Mostre para os seus amigos nas redes sociais como é fácil colaborar para um mundo mais solidário para todos, compartilhe essa notícia nas suas redes sociais e participe desta ação digital do Dia dos Voluntários Telefônica.

mais notícias